Total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Vaquinha bombando

Vaquinha do Genoino bombando

Altos gastos fazem Suécia desistir de candidatura olímpica de 2022


Estocolmo (BBC)
A candidatura de Estocolmo para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 foi enterrada praticamente em bloco pelos partidos políticos suecos, com apoio do próprio prefeito da capital sueca e também do primeiro-ministro da Suécia, Fredrik Reinfeldt.
Três argumentos centrais orientaram a decisão, confirmada na sexta-feira: para os políticos suecos a cidade tem prioridades mais importantes, a conta dos gastos para realizar o evento na cidade seria alta demais, e um eventual prejuízo com a organização dos Jogos teria que ser coberta com o dinheiro dos contribuintes.


"Não posso recomendar à Assembleia Municipal que dê prioridade à realização de um evento olímpico", disse o prefeito de Estocolmo, Sten Nordin, em declarações publicadas neste sábado pelo jornal Dagens Nyheter. "Precisamos priorizar outras necessidades, como a construção de mais moradia na cidade."
Nos últimos dias, diversos partidos políticos vieram a público defender a rejeição candidatura da cidade. Na avaliação dos partidos, o plano apresentado pelo Comitê Olímpico sueco apresentou cálculos pouco realistas e projeções exageradamente otimistas sobre a receita da venda de bilhetes para o evento. O orçamento previsto pelo Comitê para a realização dos Jogos era de aproximadamente 10 bilhões de coroas suecas, o equivalente a cerca de R$ 3,6 bilhões.
"Quando se trata de custos deste calibre, os cidadãos que pagam impostos exigem de seus políticos mais do que previsões otimistas e boas intuições. Não é possível conciliar um projeto de sediar os Jogos Olímpicos com as prioridades de Estocolmo em termos de habitação, desenvolvimento e providência social", disse o secretário municipal de Meio Ambiente da capital sueca, Per Ankersjö, em artigo publicado quinta-feira no jornal Dagens Nyheter.

'Especular com dinheiro público'

A candidatura preliminar da Suécia aos Jogos foi apresentada pelo Comitê Olímpico sueco ao Comitê Olímpico Internacional (COI) em novembro passado. O plano do Comitê sueco foi então submetido à avaliação dos partidos que compõem o Conselho Municipal da capital sueca, dando início ao debate.
"Apresentar uma candidatura aos Jogos Olímpicos seria especular demais com o dinheiro dos contribuintes. Os riscos financeiros são grandes demais", disse o Partido Democrata Cristão (Kristdemokraterna, um dos quatro partidos da aliança governista) em comunicado à imprensa no sábado passado.
Já em dezembro, o primeiro-ministro sueco havia se manifestado contra a iniciativa. Ao comentar o projeto apresentado pelo Comitê Olímpico sueco, Fredrik Reinfeldt indicou que a conta para organizar o evento na capital sueca seria provavelmente bem mais alta, considerando-se por exemplo os gastos extras que seriam necessários para garantir a segurança dos Jogos.
"O prejuízo acaba caindo no colo dos contribuintes", observou o primeiro-ministro, segundo artigo publicado no jornal Svenska Dagbladet.

Elefantes brancos

Pesquisa de opinião conduzida pelo jornal Dagens Nyheter em dezembro apontou que a maioria dos suecos - 59% dos entrevistados – apoiava a realização dos Jogos em Estocolmo. Mas, segundo o Partido Liberal (Folkpartiet), seria uma conta alta demais para quem paga impostos.
"Estocolmo pode acabar arcando com os custos de uma série de instalações caras que ninguém usaria depois dos Jogos", alertou na semana passada a secretária municipal de Educação da capital sueca, Lotta Edholm.
"O plano do Comitê Olímpico (sueco) também prevê que a cidade forneça acomodações gratuitas para abrigar a vila olímpica, em moradias que foram construídas com o dinheiro público para beneficiar a população da cidade", acrescentou Edholm.
Em editorial publicado recentemente no jornal Svenska Dagbladet, um comentarista destacou que a experiência de cidades que já sediaram eventos olímpicos – como Londres, Vancouver e Atenas – demonstra que um fato é recorrente: "Os cálculos iniciais da organização do evento são sempre mais otimistas do que a conta apresentada no final dos Jogos", diz o texto, afirmando que "após os Jogos os contribuintes são forçados a pagar pelos prejuízos".
"E nenhum cientista se atreve a afirmar que a realização dos Jogos beneficia de fato o mercado de trabalho e a economia local das cidades-sede", acrescentou o editorial.

COI

A única vez em que a Suécia sediou um evento olímpico foi em 1912 - os Jogos de Verão em Estocolmo.
Mas Estocolmo não é a primeira cidade a rejeitar os Jogos Olímpicos de 2022: em novembro de 2013, em um referendo popular conduzido na cidade alemã de Munique, 52% dos moradores decidiram dizer "não" ao evento. Segundo a imprensa alemã, a rejeição foi motivada pelos custos elevados da organização do evento, além das exigências normalmente feitas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) às cidades-sede.
Com a desistência de Estocolmo, a disputa para sediar os Jogos de Inverno de 2022 será entre as cidades de Oslo (Noruega), Pequim (China), Cracóvia (Polônia), Almaty (Cazaquistão) e L'viv (Ucrânia). A escolha da cidade-sede será anunciada pelo COI em 2015.
Na sexta-feira, o COI minimizou o impacto a desistência, alegando que a Suécia demonstrou interesse em tentar uma nova candidatura em 2026.
A próxima Olimpíada de Inverno acontece neste ano na cidade de Sochi, na Rússia, e em 2018 será a vez de Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Fonte: BBC Brasil

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Comissionados no Governo passam de 17,6 mil para 22,6 mil, em dez anos

Ministérios cheios

Pernambuco abre seleção simplificada para contratação de médicos

 
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) abre, nesta segunda-feira (20), inscrições para seleção pública simplificada de médicos visando a contratação temporária de 40 profissionais para atuar nos hospitais do Interior do Estado, sendo 6 pediatras, 6 intensivistas de adulto, 22 tocoginecologistas e 6 traumato-ortopedistas.
As inscrições, que seguem até o dia 29 de janeiro, são gratuitas e podem ser feitas de forma presencial ou via Sedex, com aviso de recebimento encaminhadas à Diretoria de Gestão do Trabalho da SES, situado na Rua Dona Maria Augusta Nogueira, n° 519, Bongi, em Recife.
O processo de seleção será realizado em uma única etapa, que será constituída de análise curricular e terá caráter classificatório e eliminatório. Os profissionais selecionados atuarão em regime de plantão, sendo um plantão de 24 horas por semana ou dois plantões de 12 horas por semana, e vão receber um salário base de R$ 6.534,55, já incluída a gratificação de plantão.

Casal acusado de comercializar medicamentos de uso controlado é preso em Vitória de Santo Antão

Na última sexta-feira (17) Policiais Civis da Delegacia de Vitória de Santo Antão, Zona da Mata, prenderam em flagrante delito Fábio da Silva Moura, 31 e sua esposa Uéssia Severina dos Santos, também de 31 anos de idade, após denúncias que comercializavam medicamentos de uso controlado.
De acordo com a Polícia Civil, o casal foi preso no Bairro Redenção, no momento em que fazia a entrega de um medicamento. Dentro do veículo dos imputados foi encontrada uma grande quantidade de caixas de medicamentos controlados, assim como na residência do casal.
Fábio e Uéssia foram autuados em flagrante delito por tráfico de drogas e associação ao tráfico, sendo Fábio encaminhado ao Presídio da cidade, enquanto a esposa foi recolhida à Colônia Penal Feminina do Recife.

Fonte: A Voz da Vitória

sábado, 18 de janeiro de 2014

Antonio Alves Silva ou Arábia, ex Vereador em Gravatá.

POR QUE UM HOMEM DO QUILATE SOCIAL E ABNEGADO PELOS MAIS HUMILDES NUNCA FOI HOMENAGEADO EM GRAVATÁ. AONDE DEIXO ENORME LEGADO.


 
GRAVATÁ JÁ CONHECEU UM VEREADOR QUE FAZIA VALER O TITULO DE FISCAL DO POVO. Ser emblemático que Deus nos concedeu, ele nasceu em 25 de dezembro de 1924, na cidade de Belo Jardim, com uma consciência extremamente filantrópica. Sua mente versátil montava os esboços do Jornal da Cidade, numa cartolina com caneta ou na máquina de escrever. O protagonista deste tributo é Antonio Alves Silva ou Arábia, homem eloquente que fez da vida um pragmatismo social heroico, sempre solícito à plebe, funcionário público e proletariado, foi vereador duas vezes e mesmo sem os edis serem remunerados, nada o impedia de manter sua cruzada de ação social, que durante anos incansavelmente viajou por vários estados garimpando donativos de empresários, deputados, governadores e até do presidente Juscelino Kubitscheck. Que outros Mahatmas Arábia brotem na árvore da humanidade.

 

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A Guarda Municipal de Gravatá deteve o jovem que tinha furtado uma "Cinquentinha".

1495472_564887990267715_1737374785_n
Na última Quarta-Feira (15) policiais Militares lotados na 5° CIPM foram acionados pela Guarda Municipal para verificar um suspeito de tentar roubar uma moto em frente à prefeitura municipal. O Guarda Municipal do prédio da Prefeitura pediu auxilio aos companheiros das Motos da Guarda Municipal que de imediato vieram e deteram o meliante.
 Com a chegada da Polícia, foi constatado que Jedson Soares da Silva, 18, era veterano no roubo de “cinquentinha” em Gravatá.
O imputado confessou ser o responsável pelo roubo de nove “cinquentinhas”, mas  a Polícia afirma que esse número é muito maior. De acordo com o levantamento feito pelos policiais, aproximadamente 12 motonetas foram roubadas por ele em Gravatá. Jedson afirmou ter cometido o mesmo crime por duas vezes em Caruaru.
Na Delegacia, o detido informou a Polícia que recebia o apoio de uma pessoa identificada como Bruno Felipe, que dava suporte em suas ações criminosas com um veículo modelo celta.
Além da participação de Bruno Felipe, outra  pessoa também teria envolvimento em seus delitos. Fabiano Gomes de Lira, 34, natural de São Paulo e residente em Bezerros-PE, atuava na falsificação de notas fiscais, dando uma suposta legalidade à procedência das motonetas que eram comercializadas em Bezerros-PE.

Fonte: Brasil On Line Noticia

Site de Genoino arrecada mais de R$ 450 mil



 
Sete dias após sua criação, o site feito para obter doações ao ex-deputado federal José Genoino (PT), condenado no processo do mensalão, já arrecadou, até a manhã desta quinta-feira (16), mais de R$ 450 mil. As informações são do coordenador do Núcleo Jurídico do Partido dos Trabalhadores, Marco Aurélio Carvalho. O valor corresponde a mais de 67% do total da multa imposta ao petista pelo Supremo Tribunal Federal, no valor de R$ 667,5 mil. O ex-deputado tem até a próxima segunda-feira (20) para pagar a multa.

Ainda de acordo com dados preliminares do partido, a quantia arrecadada até o momento contou com a contribuição de cerca de 500 doadores. "São desde militantes que ganham um salário mínimo até professores universitários e deputados federais. Isso é um motivo de puro conforto para Genoino e sua família", comenta Carvalho.

Na semana passada, a Justiça atualizou o valor da multa do petista, cujo valor inicial era de R$ 468 mil. A correção foi feita com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), a partir da data dos fatos que foram julgados pela Justiça. Ou seja, os R$ 468 mil eram em valores de 2003.

Ariano Suassuna apresenta aula-espetáculo em Pombos no próximo dia 21


 Ariano Suassuna, dramaturgo, escritor e romancista paraibano, apresenta em Pombos, no Agreste do Estado, sua aula – espetáculo em tributo a Capiba no próximo dia 21. A apresentação que retrata também a manifestação cultural nordestina, o reconhecimento do Nordeste como polo cultural nacional e a valorização da língua portuguesa, acontece às 19h no Ginásio Esportivo da cidade de forma gratuita. Aos 86 anos, Suassuna volta às atividades pouco tempo depois de sofrer um infarto e tratar de um aneurisma cerebral.
Ele será homenageado no Carnaval deste ano pelo Galo da Madrugada. Em uma apresentação ocorrida no mês de dezembro no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, Ariano afirmou que deseja participar do desfile. O escritor é natural de João Pessoa.

A nova sede do Inferno

Inferno se muda para o presídio de pedrinhas

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Brasil entre as piores educações do mundo



Brasil entre os piores no ranking da educação

Aposentadoria diminui

Aposentadoria diminuiu de valor

Ainda dá tempo!


Fifa critica atraso do Brasil em obras da Copa

Convocação!

Professores e funcionários inativos de Gravatá, amanhã estaremos às 9:00 na secretaria de finanças, tentando buscar uma solução para o não recebimento do salario do mês de dezembro de 2012. Aos amigos que estão conectados costumam ver que, quando o executivo libera o salario, faz questão de vincular a todas redes sociais como se tivesse fazendo favor aos funcionários e tentando crescer politicamente nas custas dos funcionalismo publico. Na manhã de hoje em conversa com o secretário do IPSEG, o Sr Zaidan que muito gentilmente nos atendeu, suas palavras foram: Precisamos de uma contra partida da prefeitura para liberar o pagamento, e em sua fala precisaria que Marcelo Gaston liberasse essa contra partida já que ele não era o ordenador de despesas, tendo em vista que o secretário Marcelo Gaston encontrasse em Brasília e já sabendo do fato não se preocupou em liberar antes de sua viagem.